quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

Os nossos dias

DIAS DE CHUVA

(os nossos dias em tempos de pandemia)

Mais um dia de chuva, cinzento e com muita humidade.

As gotas de chuva enfeitaram as teias de aranha que até aí me tinham passado despercebidas







Toquei sem querer no fio de uma das teias e veio de lá uma aranha apressada para ver que presa tinha caído na sua armadilha...

Olhou para mim com quantos olhos tinha e pareceu-me ver-lhe um ar de desdém.

Virou-me as "costas", percorreu o fio como uma verdadeira equilibrista e foi esconder-se debaixo duma folha. Pareceu-me ouvir-lhe um resmungar!

"Se fosse uma mosca ou um mosquito, agora um humano! Ainda por cima a estragar-me a teia!"




Fiquem bem.

Cuidem-se.

Não se deixem apanhar na teia do inominável! 

Mena



sexta-feira, 1 de janeiro de 2021

 BOM ANO NOVO


Uma manhã azul clara e luminosa inunda  a cidade luz e permite um raio de esperança neste nosso atribulado mundo.
Que este novo ano que agora se inicia seja portador de melhores dias para todos nós.
                          Bons augúrios ...                                                             
  
texto: Carolina Terra

Mena